Open Sans é uma fonte otimizada com letras abertas, que fica bem tanto no mobile quanto no desktop.

TempoNorteExtremo

 

Temporada:
 

Estreia: 11 de Novembro de 2015

De 11 de Novembro a 13 de Dezembro de 2015

 

Retorno da temporada: 16 de Janeiro de 2016

 

De 16 de Janeiro a 17 de Abril de 2016

Sábados às 21h30 e Domingos às 18hs

Ingresso: Pague quanto puder (colaboração espontânea)

TempoNorteExtremo

"TempoNorteExtremo” é uma peça documentário que narra episódios da guerra que o jornalista Lúcio Flávio Pinto, paraense, trava na maior fronteira de recursos do planeta, em busca de um produto que nela é raro: a verdade.

Na Amazônia, o jornalista, com mais de 50 anos de profissão, mantém há 30 o Jornal Pessoal, um tablóide com tiragem quinzenal de 2.000 exemplares, e que não aceita anúncios e vive exclusivamente da venda avulsa nas bancas de revistas.

 

A peça é inspirada em dois livros do Lúcio, o “Jornalismo na Linha de Tiro” – primeiro ato, e o pequeno livro, “A eternidade no riso e na música da menina do lago grande” – segundo ato, que narra uma série de experiência que enfrentou ao descobrir o mal de Alzheimer, que avançou sobre a sua mãe por seis anos, até levá-la a morte.

 

O autor da peça “Tempo Norte Extremo”, e também ator neste espetáculo, é irmão mais novo do jornalista Lúcio Flávio Pinto. Lúcio trabalhou no final dos anos de 1960 e inicio dos 1970 no jornal Estado de São Paulo, e depois ao retornar pra Amazônia, foi corresponde por 20 anos. Até romper em 1988 com toda a grande mídia para fazer o Jornal Pessoal.

 

A peça dividida em 2 pequenos atos, se passa numa sala de ensaio onde o dramaturgo tenta desenvolver o roteiro para um workshop, dialogando com recursos multimídia e performance. Na primeira parte, o dramaturgo-ator está diante da dificuldade em encontrar uma forma, um recorte para colocar em cena a polêmica e multifacetada vida do jornalista, passando em revista a vida pública do jornalista, a sua saga e os 33 processos que ele sofre hoje por publicar os artigos que tratam da Amazônia, e em sua defesa. A segunda parte, Paulo divide a cena com a atriz Neuza Velasco, para tratar do Alzheimer.

Ficha Técnica

Com Neuza Velasco e Paulo Faria

Direção: Edgar Castro

Autor: Paulo Faria

Figurino: Paulo Faria

Cenografia: Marcos Freitas e Paulo Faria

Vídeo: Dário José

Fotografia: Rodrigo Reis

Luz: Rodrigo Reis e Edgar Castro

Assistente de Direção e Operação Multimídia: David Guimarães

Assessoria de Imprensa: Adriana Monteiro – Artes e Ofícios

©Todos os direitos reservados. Cia.Pessoal do Faroeste 2020.