©Todos os direitos reservados. Cia.Pessoal do Faroeste 2020.

PROGRAMAÇÃO DE  MÚSICA


 

Shows musicais às terças-feiras na Sede Luz do Faroeste

Ingresso: Pague quanto puder - contribuição voluntária


O projeto “2 NA 3ª ” traz shows musicais todas as terças feiras na sede da companhia.Teve inicio em novembro de 2012 e já contou com apresentações de músicos como Celso Sim, Georgette Fadel, Luiz Gayotto, Felipe Roseno, Karina Ninni,Daniel Alvim, Jorge Peña entre outros, dentro de uma programação semanal. O ingresso é “Pague Quanto Puder” (contribuição voluntaria), como em todos os eventos realizados pela companhia.

Terça 19 de Março - GROOVERDOSE
ÀS 21h

     GROOVERDOSE, que surgiu em 2008 em Jan Sessions informais realizadas entre amigos . Desde então a banda vem se apresentando na noite de São Paulo com apresentações em várias casas e clubs, assim como em festivais culturais e alternativos.
   Em 2011 a banda lançou o seu primeiro album independente, o Radio Groove, explorando o dialogo entre o Soul, o Funk, o Hip Hop e o Jazz, além de conter versões para músicas de Tupac Shakur, Beastie Boys, James Brown e Hocus Pocus.
O intuito do GROOVERDOSEnão se limita apenas em trazer uma fusão musical, mas tamb;em de envolver outros artistas ao projeto. Dj’s, Mc’s, grafiteiros, artistas plasticos, atores e outras manifestaçoes artísticas estão sempre presentes no trabalho da banda, dentro do seu conceito de misturas de estilos e linguagens.
Formação: LEO PINOTTI (guitarra e samples), VICTOR BALLESTE (bateria), GUSTAVO ALVARADO (baixo), ED WOISKI (trompete), CAUÊ VIEIRA (sax).

Terça 12 de Março - TXAI BRASIL

Às 21h

 


     Txai Brasil é Francisco Maciel: músico, compositor, engenheiro, mestre e doutorando em meio ambiente e consultor do Banco Mundial, ONU e PNUD.Na área de mudanças climáticas atua desde 1992 participando do desenvolvimento dos principais projetos de redução de emissão e seqüestro de gases de efeito estufa, bem como assessorando governos nacionais, estaduais e municipais. Foi responsável pelo lançamento do movimento mundial pela neutralização das emissões de gases de efeito estufa, através de recomposição de florestas, hoje adotado pelas principais empresas do Brasil e do mundo, e pelo município de São Pauloatravés de portaria para eventos públicos na cidade.
     Como musico já tem 14 anos de carreira. Em 2005 lançou o primeiro CD Carbon Free do planeta: “Aonde o Brasil é mais Brasil”, sendo recebido em solenidade pelo então Ministro da Cultura, Gilberto Gil, para apresentação e entrega desse trabalho. Fez shows nas Conferências da ONU em Montreal 2005; Bali 2007, Polônia 2008, Copenhagen 2009, Fórum Social Mundial de Belém em 2009.Participou ainda de diversos festivais da musica brasileira e, desde 208, da Virada Cultural SP. O espetáculo de Txai consisteem um repertório de Sambas, em parte compostos sob a orientação de Eduardo Gudin, acrescidos das faixas dançantes do CD “Aonde o Brasil é mais Brasil”.​

Terça 2 de Abril - AKIRA YAMASAKI, SILVIO DE ARAUJO E GILDO PASSOS
Às 21h

 

 

     Poeta, produtor cultural e criador do sarau Cesta das Artes, Akira Yamasaki realiza apresentação poético/musical com participação de Gildo Passos, Silvio de Araujo e Ronaldo Ferro no Projeto 2 na 3ª da Cia Pessoal do Faroeste.

     Na ocasião será feito o Lançamento de seu livro/CD “Bentevi, Itaim”, feito em parceria com Silvio de Araújo e do CD “Ouvindo o coração”, de Gildo Passos.

BATE BOCA – ENTRADA GRATUITA

 

Abdias do Nascimento (Ativista político e Fundador do TEN) - Mayra Lourenço 

 

Bacharel e Licenciada em História pela PUC-SP, vencedora do prêmio de melhor trabalho de iniciação científica em história com a pesquisa: O Negro como protagonista: inserção e promoção artístico-social através do Teatro Experimental do Negro (1944 – 1957), professora do ensino médio na Escola Santa Maria e militante no movimento e cursinho popular Projeto Raiz. Debate realizado no dia 01/07/2014.

 

Mulheres Negras na Revolução Constitucionalista de 1932 - Paulo Fernando de Souza Campos

 

Professor no Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas "Sociedade, Cultura, Linguagens" da Universidade de Santo Amaro - UNISA e curso de Graduação em História da UNISA. Licenciado em História pela Universidade Estadual de Maringá -UEM, Mestre e Doutor em História pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP Assis, com pesquisa de Pós Doutorado pelo Programa de Pós Doutorado da Universidade de São Paulo – EEUSP/FAPESP. Pesquisador Laboratório de Estudos em História da Enfermagem, da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo – EERPUSP/LAESHE/CNPq e Grupo de Pesquisa de Políticas e Identidades Ibero-Americanas – POLIBERA/UNISA/CNPq. Debate realizado no dia 01/07/2014.

CIA BARÁ APRESENTA:

 

     TERRA EM TRANSE