©Todos os direitos reservados. Cia.Pessoal do Faroeste 2019

.

PUTA DEI

 

O Puta Dei – "Dia Internacional da Prostituta” * é um dispositivo politico e estético criado em 2011 por uma organização de prostitutas de Belém do Pará (GEMPAC) com o objetivo de convocar o debate sobre os direitos das prostitutas através de intervenções artísticas e culturais. Em 2014 o “Puta Dei” rompeu as fronteiras geográficas e aconteceu em outras capitais e cidades do Brasil. Na cidade de São Paulo aconteceu no dia 13 de junho de 2014 na Companhia de Teatro Pessoal do Faroeste, e reuniu cerca de 400 pessoas. O evento reúne intervenções culturais construídas em conjunto com coletivos de arte, prostitutas e outras organizações com objetivo de dar visibilidade para a luta politica das prostitutas que ainda é extremamente silenciada e invisível. A programação contou com shows musicais, performances, dança burlesca, desfile performance Daspu, entre outras atrações.

 

*No dia 2 de junho na França em 1975 150 mulheres prostitutas ocuparam uma igreja em protesto perante a violência do Estado, que utilizando a polícia reprimia os espaços em que as mulheres trabalhavam instaurando perseguições a elas e seus familiares. As prostitutas queriam que a utilidade social de sua profissão fosse reconhecida e conseguiram uma repercussão mundial, utilizando os meios de comunicação e a conversa corpo a corpo. A partir de então, este dia é celebrado em varias partes do mundo como o Dia Internacional da Prostituta.

Poster da edição de 2014.